Amanhece, amanhece, amanhece o dia!

Ao acordar hoje de madrugada, chegando na varanda, recebi de presente um lindo Bom dia do astro rei sol! em sua cor vibrante alaranjada, quase vermelha, o sol irradiava seus primeiros raios do dia, certamente em homenagem ao grande RAUL SEIXAS que há exatos 30 anos atrás nos deixava, no dia 21 de agosto de 1989 com apenas 44 anos de idade. Curiosamente eu estava sentado na cadeira do dentista com a “boca escancarada cheia de dentes esperando a morte chegar”, quando escutei pelo rádio, após ouvir essa música “ouro de tolo”, a divulgação de sua morte… Raul foi um gênio da música popular brasileira, grande compositor, cantor, guitarrista, músico, crítico, escritor, ator e filósofo, entre outros… Considerado “Maluco beleza” interpretava diversos estilos musicais em três idiomas, português, inglês e espanhol. Considerado o pai do rock nacional, também cantava samba, forró, pop, afro, cantiga de ninar, mpb, bolero, romântica e fank, além de outros estilos. Conseguiu misturar de uma maneira espetacular Elvis Presley e Luis Gonzaga. Sua obra permanece viva conquistando uma legião de fãs. Ao ver esse lindo sol, desta madrugada, lembrei-me de uma linda composição de sua autoria chamada “Coração noturno” que fala de nossa relação com a lua e o sol: “Amanhece, amanhece, amanhece
Amanhece, amanhece o dia
Um leve toque de poesia,Com a certeza que a luz
Que se derrama
Nos traga um pouco, um pouco, um pouco de alegria!
A frieza do relógio, Não compete com a quentura do meu coração
Coração que bate 4 por 4,Sem lógica, sem lógica e sem nenhuma razão
Bom dia sol! Bom dia, dia!
Olha a fonte, olha os montes Horizonte
Olha a luz que enxovalha e guia
A Lua se oferece ao dia
E eu, E eu guardo cada pedacinho de mim
Prá mim mesmo
Rindo louco, louco, mais louco de euforia
Bom dia sol!, Bom dia, dia!
Eu e o coração
Companheiros de absurdos no noturno
No soturno
No entanto, entretanto
E portanto …
Bom dia sol!
Bom dia, sol”! (1983, Raul Seixas)
Assim sendo, despeço-me desejando a todos um bom dia e dizendo: Toca Raul!
(21 agosto 2019)