Um tributo à garota dos meus sonhos!

A garota dos meus sonhos (25/fev/2019)
A garota dos meus sonhos é bonita! Não, ela não é apenas bonita, é mais que bonita, é linda e maravilhosa! como disse Geraldo Azevedo em sua música “Dona de minha cabeça”:
Dona da minha cabeça ela vem como um carnaval
E toda paixão recomeça, ela é bonita, é demais
Não há um porto seguro, futuro também não há
Mas faz tanta diferença quando ela dança, dança
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita demais
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita, bonita
Digo e ela não acredita, ela é bonita demais
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita, é bonita
Dona da minha cabeça quero tanto lhe ver chegar
Quero saciar minha sede milhões de vezes, milhões de vezes
Na força dessa beleza é que eu sinto firmeza e paz
Por isso nunca desapareça
Nunca me esqueça, eu não te esqueço jamais
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita demais
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita, bonita
Digo e ela não acredita, ela é bonita demais
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita, é bonita
(Fausto Nilo/Geraldo Azevedo)
A garota dos meus sonhos é Maristela, estrela do mar, é Marisbela, é Caristela, é também princesa, é Telinha! Ela é também a “menina linda” que eu tanto procurei em minha juventude e muito bem definida nas palavras de Renato e seus Blue Caps, que agora as faço, minhas palavras:
Ah! Deixa essa boneca e faça-me um favor
Deixe isso tudo e vem brincar de amor
De amor, hei hei hei, de amor
Oh! Meu bem
Lembre-se que existe por ai alguém
Que tão sozinho vive sem ninguém
Sem ninguém, sem ninguém
Menina linda eu lhe adoro
Menina pura como a flor
Sua boneca vai quebrar
Mas viverá o nosso amor
(Menina Linda – Renato e seus Blue Caps)

A garota dos meus sonhos cresceu, amadureceu, casou e me deu 04 lindos filhos, sendo uma menina e três meninos; sacrificou seus estudos pela maternidade e agora, após 08 netos, está recomençando na universidade para concluir aquilo que parou por uma causa nobre; ela é possuidora de muitos dons especiais dentre eles o dom de saber ouvir; o dom de aconselhar sabiamente, o dom de dançar e fazer todos ao seu lado brincar e se divertir; tem também o dom de servir ao próximo e seus familiares; não posso esquecer o dom “gostosíssimo” de saber cozinhar… Huuuummmm!!! Que delícia! Tem o dom de cuidar de animais, o dom de meditar e o dom de sorrir. Tem também um dom especial de criar coisas, herdado de seu pai… sempre tem um jeitinho para tudo em casa! Outro dom muito especial que aprecio nela é o dom de ser cheirosa… Haja creme!! Mas como é bom…
Admiro nela o dom de saber cuidar, arrumar, organizar, decorar e limpar muito bem uma casa! O dom de fazer muito bem uma mala para viajem! O dom de cuidar de um bebê… o dom de cuidar de si mesma, fazendo com que nestes últimos 36 anos de casamento eu economisasse um bom dinheiro em salão de beleza… as tardes de sábado são todas dela para cuidar-se de si mesma numa terapia importantíssima. Aliada a isso some-se o dom de saber me amar!!!
Aprecio nela seus cabelos, seus lábios, seus olhos, suas mãos, enfim, na verdade, se Deus me concedesse o privilégio de criá-la novamente, dando-me o poder de fazê-la em forma de escultura, reparando os erros e falhas, eu a esculpiria igualmente como ela o é hoje! Dar-lhe-ia o sopro de vida e ela viveria igualzinha, sem retirar ou acrescentar qualquer item, pois é assim como ela o é, que eu a quero e amo! Faço também minhas as palavras de Tim Maia, quando disse:

“De repente a dor de esperar terminou
E o amor veio enfim, eu que sempre sonhei
Mas não acreditei, muito em mim
Vi o tempo passar, o inverno chegar
Outra vez, mas desta vez, todo pranto sumiu
Um encanto surgiu, meu amor
Você, é mais do que sei
É mais que pensei, é mais que esperava, baby
Você, é algo assim
É tudo pra mim, é como eu sonhava, baby
Sou feliz agora, não não vá embora não
Não não não não não, você
É mais do que sei, é mais que pensei
É mais que esperava, baby, você
É algo assim, é tudo pra mim
É como eu sonhava baby, sou feliz, agora
Não não vá embora não, não não não não não não não não
Não, não vá embora, não, não vá embora
Não, não vá embora, não, não vá embora
Vou morrer de saudade, vou morrer de saudade
Vou morrer de saudade, não vá embora
Não vá embora, não vá, não vá
Vou morrer de saudade, vou morrer de saudade
Não vá embora, não vá não vá
Vou morrer de saudade, vou morrer de saudade, vou morrer de saudade”
(Você – Tim Maia)
Nossa história começou, despertando em mim, nobre sentimento de chamá-la “princesa” e uma linda composição de Amado Batista, relembra fatos dessa nostálgica época…

“Ao te ver pela primeira vez, eu tremi todo
Uma coisa tomou conta do meu coração
Com esse olhar meigo de menina
Me fez nascer no peito, esta paixão
E agora não durmo direito pensando em você
Lembrando seus olhos bonitos, perdidos nos meus
Que vontade louca que eu tenho
De tê-la comigo, calar sua boca bonita com um beijo meu
Princesa! a deusa da minha poesia
Ternura da minha alegria, nos meus sonhos quero te ver
Princesa! a musa dos meus pensamentos
Enfrento a chuva o mau tempo, prá poder um pouco te ver”.
(Princesa, Amado Batista)

Garota dos meus sonhos,
Menina linda eu ti adoro,
Você, é mais do que sei, é mais que pensei, é mais que esperava…
Eu digo e ela não acredita, ela é bonita, bonita,
Digo e ela não acredita, ela é bonita demais…
Princesa, a deusa da minha poesia, a musa dos meus pensamentos…
Não poderia deixar de usar as palavras de Raul Seixas neste lindo poema feito exclusivamente para ela:
“Você é um pé de planta, que só dá no interior
No interior da mata, coração do meu amor
Você é roubar manga, com os moleques no quintal
É manga rosa, espada, guardiã no matagal
Qual flor de uma estação, botão fechado eu sou
Se amadurecendo prá se abrir pro meu amor
Qual flor de uma estação, botão fechado eu sou
Se amadurecendo, prá se abrir pro meu amor
Úmida de orvalho, que o sol não enxugou
Você é mata virgem, pela qual ninguém passou
É capinzal noturno, escuro e denso protetor
De um lago leve e morno, teu oásis seu amor”
(Mata virgem – Raul Seixas)

Trabalho por ti, vivo por ti, para juntos gozarmos uma vida eterna ao lados de nossos filhos, netos, parentes e amigos. Garota dos meus sonhos, minha princesa, linda menina, amo-te mais que a própria vida.